Versão OriginalVersão ClássicaMenu
Karla Tatiane e Diana Gaúna | Terça, 12 de Setembro de 2017 - 13h54

Curso para captar recursos federais reúne representantes de 10 municípios em Nova Andradina

Estratégia que alçou MS como primeiro estado do Brasil em número de convênios é compartilhada com 79 municípios.

Conseguir recursos para realização de novos projetos e melhoria da qualidade de vida da população. Essa é a meta dos multiplicadores do Governo de MS que estão rodando o interior do Estado para capacitar gestores nos 79 municípios de Mato Grosso do Sul. A ação é fruto de uma parceria com a Associação dos Municípios de MS (Assomasul), Ministério do Planejamento e Sebrae.

O projeto teve início em abril, tendo como polo a cidade de Paranaíba com a participação de oito municípios vizinhos. De lá para cá, o curso passou por quatro cidades polos e a capacitação de técnicos já atingiu aproximadamente 50 municípios somente este ano. O palestrante é o assessor da Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica, Luiz Morenti, que classifica o momento como oportuno para os entes públicos.

Assessor da Segov, Luiz Morenti, classifica o momento como oportuno para os entes públicos.

“A aceitação da nossa proposta tem sido muito boa. Esse é um momento oportuno porque todos os gestores públicos precisam de recursos novos. Ao mesmo tempo em que vemos a economia congelar as receitas, nós precisamos melhorar a qualidade de vida e atender as necessidades da população. Com esse objetivo de dar efetividade às entregas, conseguimos ser o primeiro estado do Brasil com maior número de convênios federais. Temos hoje 151 pessoas capacitadas dentro da estrutura do Governo de MS. Agora estamos compartilhando nossas estratégias para formar um grande time com os municípios. A meta é fazer nosso Estado cada vez mais presente na vida das pessoas”, pontua Morenti.

Multiplicar a expertise é o grande diferencial da estratégia que vem sendo disseminada nos cursos. O representante do Sebrae, Júlio Cesar da Silva, avalia que a troca de informações na busca pela captação de recursos tem feito a diferença para muitos gestores. “Esse dinheiro aumenta a geração de emprego e também a qualidade de vida da população. Nós apoiamos esse projeto por ter certeza que ele pode realmente mudar a realidade das pessoas nos municípios e, consequentemente, do Estado”, ressalta.

O presidente da Assomasul, prefeito de Bataguassu, Pedro Arlei Caravina, destaca que o curso dá a oportunidade dos gestores conhecerem novos caminhos onde é possível conseguir recursos públicos federais para construir escolas, asfalto, pequenos negócios, realizar atividades esportivas, entre diversas outras ações, sem precisar contar exclusivamente com o recurso próprio. De acordo com ele, Morenti trabalhou em Bataguassu, quando sua gestão assumiu a prefeitura com uma dívida gigantesca e baixa receita.

Presidente da Assomasul e prefeito de Bataguassu, Pedro Caravina, destaca que o curso dá a oportunidade dos gestores conhecerem novos caminhos onde é possível conseguir recursos públicos federais.

“Precisávamos fazer a diferença pelo município. Então, fomos buscar dinheiro novo por meio de convênios com o Governo Federal. Hoje Bataguassu é um polo de desenvolvimento e temos inúmeros projetos e obras executados por meio de convênio federal, entre eles dois postos de saúde, centro de eventos, pavimentação e recapeamento, internet gratuita nas praças, projetos sociais, terminal rodoviário, enfim, uma gama de ações. Então, a nossa ideia é mostrar essa saída aos outros municípios, com apoio do Governo do Estado. Precisamos de bons projetos para nossa população, que é quem sai privilegiada quando o dinheiro começa chegar. O objetivo é a praticidade: saber como conduzir essa importante ferramenta. Tenho certeza que vai ser um sucesso”, afirma Caravina.

O prefeito de Nova Andradina, José Gilberto Garcia, pontuou que essa é uma oportunidade única de levar desenvolvimento para o interior do Estado. “Estamos há 300 quilômetros de Campo Grande e o aproveitamento do curso aqui na nossa região é muito melhor. Temos a oportunidade de interação com nossos colegas da região que pode nos ajudar a superar a dificuldade de conseguir recursos que hoje é muito grande. Precisamos melhorar o nosso quadro, nos planejar, por o sistema para funcionar e batalhar. Vamos discutir como gerir nossas receitas e buscar alternativas para mudar nossa realidade para melhor”, frisa.

José Gilberto Garcia pontuou que essa é uma oportunidade única de levar desenvolvimento para o interior do Estado.

Municípios em busca de recursos

O secretário de Planejamento e Administração de Nova Andradina, Emerson Nantes de Matos, avalia que essa capacitação é o pontapé inicial de uma mudança de paradigmas. “Temos hoje 10 colaboradores da prefeitura, todos profissionais envolvidos diretamente com o Siconv. Esse curso é o pontapé inicial para que possamos inserir mais projetos e de forma correta. Acredito que é de grande valia passar essa metodologia para os municípios”, diz.

Para Emerson Nantes de Matos essa capacitação é o pontapé inicial de uma mudança de paradigmas.

A servidora pública de Batayporã, Ângela Souza de Albuquerque, revela que o Sistema de Convênios com o Governo Federal ainda é uma novidade para ela, mas que está bastante motivada com a possibilidade de conquistar novos recursos. “Trabalho no financeiro da prefeitura e temos muita dificuldade para fazer até mesmo a folha de pagamento, por conta da falta de recursos. Os recursos estaduais diminuíram bastante, então, nossa alternativa para conseguir dinheiro fora do orçamento é o Governo Federal. Esperamos aprender bastante com esse curso que o Estado está trazendo para nós”.

Para o servidor da prefeitura de Glória de Dourados, Riccieri Schiave, a expectativa é a melhor possível para aperfeiçoar o trabalho que ele e a equipe vem desempenhando no dia a dia. “Somos praticamente novatos, uma vez que temos pouco mais de oito meses de gestão. Mas estamos confiantes que esse curso vai melhorar nosso aprendizado. Temos submetidos propostas e a nossa meta é ter este ano R$ 15 milhões em projetos e manter esse patamar ao longo da administração, além de buscar a execução das nossas ideias junto as nossas bancadas federais na Câmara e Senado”, declara.

Para Riccieri Schiave a expectativa é a melhor possível para aperfeiçoar o trabalho que ele e a equipe vem desempenhando.

O governador Reinaldo Azambuja parabenizou o grupo e destacou que até o final do ano todos os municípios receberão a capacitação para desburocratizar a máquina pública e ao mesmo tempo reforçar o caixa das prefeituras com dinheiro novo. “Estamos muito contentes com o interesse dos servidores em levar melhor qualidade de vida as suas comunidades. Os convênios federais viabilizam importantes investimentos na educação, saúde, infraestrutura, emprego e outros setores que atendem diretamente a população. Essa é a primeira vez que a Assomasul lança o desafio de ir a campo, preparar as pessoas, com o Estado sendo parceiro de fato. A capacitação é uma ferramenta fundamental para levar melhoria de qualidade de vida a todos”, finaliza o governador.

Subir ao TopoVoltar
PlataformaSistemas para WebJornalismoVersão OriginalIr para Versão Clássica