Versão OriginalVersão ClássicaMenu
campo grande

Alto índice de internações por Covid-19 aumentam em MS, comprometendo disponibilidade de leitos

Das 390 pessoas internadas, 227 estão em leitos clínicos, sendo 122 em leitos SUS e 105 na rede privada, em estado mais grave, 163 pessoas estão em leitos de UTI, com 94 na rede pública e 69 na rede privada Beatricce Bruno | quinta, 26 de novembro de 2020 - 10h20
Leitos na Santa Casa de Campo Grande Leitos na Santa Casa de Campo Grande - (Foto: Edemir Rodrigues)

As internações por coronavírus continuam avançando em Mato Grosso do Sul. Atualmente, 390 pessoas estão internadas em leitos clínicos e de UTI, como mostra o boletim epidemiológico desta quinta-feira (26), da Secretaria de Estado de Saúde, do Governo do Estado.

Com isso, a disponibilidade de leitos do SUS fica cada vez mais comprometida. Na macrorregião de Campo Grande, por exemplo, a ocupação global de leitos de UTI do SUS ofertados global, ou seja, entre os confirmados covid-19, suspeitos e não-covid, atinge 91%. Nas macrorregiões de Dourados e Três Lagoas, a taxa de ocupação é de 55% e em Corumbá, de 46%.

Das 390 pessoas internadas, 227 estão em leitos clínicos, sendo 122 em leitos SUS e 105 na rede privada, em estado mais grave, 163 pessoas estão em leitos de UTI, com 94 na rede pública e 69 na rede privada. Além disso, 8.468 pessoas se recuperam em isolamento domiciliar.

Quadro com os dados da Covid-19 no Estado

Em apenas 24h, 541 casos confirmados, com total de 95.193 pessoas infectadas desde o início da pandemia. De acordo com a SES, seis óbitos ocorreram em um dia, com total de 1.748 mortes pela doença. A boa notícia é que 84.587 sul-mato-grossenses estão recuperadas da doença.

Veja Também

Mais Lidas

Subir ao Topo Voltar
PlataformaSistemas para WebJornalismoVersão OriginalIr para Versão Clássica