Versão OriginalVersão ClássicaMenu
Alto percentual

Alto percentual de ocupação de leitos requer medidas mais restritivas contra a Covid-19

A taxa de contágio está em 0.97, o que quer dizer que para cada 100 novos casos, outros 97 podem ser contaminados kfernandes | quarta, 25 de novembro de 2020 - 11h57
Alto percentual de ocupação de leitos requer medidas mais restritivas contra a Covid-19 Alto percentual de ocupação de leitos requer medidas mais restritivas contra a Covid-19 - ( Foto: Estadão )

A Secretaria Estadual de Saúde, divulgou através do boletim epidemiológico desta quarta-feira, dia 25, a confirmação de 905 novos casos de coronavírus em Mato Grosso do Sul. Com isso, o número total de casos confirmados desde o início da pandemia é de 94.652. Uma média móvel de 714 casos novos ao dia. A taxa de contágio está em 0.97, o que quer dizer que para cada 100 novos casos, outros 97 podem ser contaminados.

Dos 9 casos confirmados, 84.103 estão sem sintomas e já estão recuperados, 8.807 estão ativos, e destes 356 estão internados. Os casos sem encerramento passam dos 5,3 mil, e por isso o Secretário Geraldo Resende voltou a fazer um apelo aos municípios para que concluam estes casos.

Os municípios com maior número de novos casos são Campo Grande com 453, Dourados com 73, Naviraí com 48 e Três Lagoas com 41 novos casos.

Quanto ao percentual de leitos ocupados, uma das grandes preocupações das autoridades em saúde, a macrorregião de Campo Grande já tem 82% dos leitos ocupados, de Dourados 63%, Três Lagoas 52% e Corumbá com 45% de ocupação. Geraldo ressaltou que para se ter uma idéia da gravidade da situação, dos nove leitos de UTI pediátrico, oito estão ocupados. Dados que segundo ele preocupam e que significam um crescimento de 70% de internações no Estado.

Com quatro novos óbitos confirmados, totalizamos 1.742 mortes pela doença em Mato Grosso do Sul, desde o início da pandemia. Uma média móvel de 6,1 óbitos ao dia. Os óbitos são três de Campo Grande e um de Jardim.

Você pode acompanhar os boletins periódicos no link: http://www.vs.saude.ms.gov.br.

Veja Também

Mais Lidas

Subir ao Topo Voltar
PlataformaSistemas para WebJornalismoVersão OriginalIr para Versão Clássica