Versão OriginalVersão ClássicaMenu
campo grande

Emoção faz parte de sorteio para definir bloco e apartamento de famílias contempladas na Capital

O sorteio das 368 unidades foi realizado na manhã de hoje (26) de forma eletrônica pela Caixa Econômica Federal e priorizou os apartamentos térreos para idosos e pessoas com deficiência rmantovani | quinta, 26 de novembro de 2020 - 14h55
Residencial Portal Laranjeiras, em Campo Grande Residencial Portal Laranjeiras, em Campo Grande - (Foto: Saul Schramm)

“Agradeço a Deus pelo meu sonho estar se tornando realidade, cada etapa é uma vitória”, disse a dona de casa Neuza Cristina durante o sorteio de bloco e apartamento de famílias selecionadas para morar no Residencial Portal Laranjeiras, em Campo Grande.  

O sorteio das 368 unidades foi realizado na manhã de hoje (26) de forma eletrônica pela Caixa Econômica Federal e priorizou os apartamentos térreos para idosos e pessoas com deficiência. Devido a pandemia do novo coronavírus, apenas dois moradores estiveram presentes no sorteio com representantes da Agehab e da Agência Municipal de Habitação e Assuntos Fundiários (AMHASF).

Após anos de espera, Neuza Cristina, 45 anos, aguarda a entrega das chaves. Ela que foi a última sorteada que garantiu pegar a chaves,  planeja a mudança com as duas filhas e o neto que está a caminho já no próximo ano. “É o recomeço de uma vida nova ao lado da minha família”. 

A idosa de 87 anos, Olga Vargas Leigues também esteve presente no sorteio e se emocionou ao ver seu nome na lista. “Por mais que eu tenha a certeza de que fui contemplada, ver meu nome ali é uma felicidade sem tamanho”. Dona Olga vai morar no apartamento com a neta e faz planos para o novo lar. “Vou cuidar com muito carinho do meu cantinho e alegria não vai faltar”.

Diretora-presidente da Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul (Agehab), Maria do Carmo Avesani Lopez parabenizou as famílias. “É um dia muito importante antes da entrega dos apartamentos, desejo sorte nessa nova etapa e que vocês possam desfrutar de uma moradia de qualidade. Nos encontramos na inauguração”.

O Residencial faz parte do Programa Minha Casa Minha Vida – Fundo de Arrendamento Residencial (FAR) e está sendo construído com recursos que somam R$ 36,3 milhões, sendo R$ 6,5 milhões do governo do Estado.

Veja Também

Mais Lidas

Subir ao Topo Voltar
PlataformaSistemas para WebJornalismoVersão OriginalIr para Versão Clássica