Versão OriginalVersão ClássicaMenu
campo grande

Campo Grande está entre os municípios que possui o menor índice de vacinação em MS

Até a última quarta-feira (18), Mato Grosso do Sul registrou 68,54% de índice de cobertura vacinal Da Redação | sábado, 21 de novembro de 2020 - 10h15
Objetivo da SES é definir estratégias junto aos municípios para que cheguem à meta de imunização prevista pelo Ministério da Saúde Objetivo da SES é definir estratégias junto aos municípios para que cheguem à meta de imunização prevista pelo Ministério da Saúde - (Foto: Divulgação)

Com a baixa procura pela vacina que combate a poliomielite, a Secretaria de Estado de Saúde se reuniu ontem (20) com autoridades dos 40 municípios que não alcançaram o índice de 95% de cobertura vacinal da Campanha de Multivacinação para atualização da Caderneta de Vacinação das Crianças e dos Adolescente e contra a Poliomielite. Conforme o mapa de cobertura vacinal extraído do Datasus/SIPNI, os municípios de Campo Grande, Dourados, Santa Rita do Pardo são os que possuem menor incidência nos índices de vacinação, ficando abaixo de 50%.

Até a última quarta-feira (18), Mato Grosso do Sul registrou 68,54% de índice de cobertura vacinal. Objetivo da SES é definir estratégias junto aos municípios para que cheguem à meta de imunização prevista pelo Ministério da Saúde.

Segundo a gerente técnica de Imunização da SES, Ana Paula Rezende Goldfinger, o sistema para inserção de dados de vacinação do Ministério da Saúde ficará aberto até 30 de novembro. “Nós temos apenas mais uma semana para alcançar a meta e percebemos que alguns municípios estão com dificuldades em melhorar a cobertura e atingir meta de 95%”, explica.

Ana Paula ainda explica que o coronavírus alterou a rotina e muitos pais deixaram de vacinar os seus filhos. “Pedimos aos pais que procurem as unidades de saúde. Todos os protocolos de segurança recomendados pela SES e pelo Ministério da Saúde serão seguidos para minimizar o risco de infecção pelo coronavírus”.

Entre 50% e 59% estão os municípios de Água Clara, Rio Brilhante, Miranda, Anastácio, Coxim, Jardim, Ribas do Rio Pardo, Bodoquena. Entre 60 e 69% estão Maracaju, Bela Vista, Três Lagoas e Jaraguari.

Em uma situação pouco melhor, entre 70 a 79%, mas abaixo da meta de 95%, estão Sonora, Sidrolândia, Naviraí, Nova Alvorada do Sul, Caarapó, Mundo Novo, Terenos, Nioaque, Paranhos, Pedro Gomes e Amambai. Entre 80 a 89% estão os municípios de Coronel Sapucaia, Ponta Porã, Aral Moreira, Nova Andradina, Guia Lopes da Laguna, Bataiporã, Ladário, Camapuã, Bonito, Corguinho, Itaporã, Alcinópolis, Iguatemi. A cidade de Juti está bem próximo da meta, com 90,44%.

E 39 municípios alcançaram a meta. São eles: Taquarussu, Aquidauana, Aparecida do Taboado, Rio Negro, Brasilândia, Corumbá, Rio Verde de Mato Grosso, Douradina, Tacuru, São Gabriel do Oeste, Bataguassu, Figueirão, Paranaíba, Rochedo, Vicentina, Antonio João, Costa Rica, Itaquiraí, Sete Quedas, Japorã, Porto Murtinho, Caracol, Cassilândia, Dois Irmãos do Buriti, Angélica, Chapadão do Sul, Inocência, Anaurilândia, Laguna Carapã, Ivinhema, Bandeirantes, Deodápolis, Jateí, Novo Horizonte do Sul, Glória de Dourados, Eldorado, Fátima do Sul, Selvíria e Paraíso das Águas.

 

Veja Também

Mais Lidas

Subir ao Topo Voltar
PlataformaSistemas para WebJornalismoVersão OriginalIr para Versão Clássica