Versão OriginalVersão ClássicaMenu
FALA, LEITOR!

Divididos, leitores do portal "A Crítica" votam sobre inclusão de CPF nas compras

A enquete realizada pelo site do portal A Crítica com início no último sábado (9) e com término hoje (16) quis saber: "Você tem solicitado a inclusão do CPF na nota fiscal?" Geliel Oliveira | sábado, 16 de janeiro de 2021 - 11h56
Nota Premiada Nota Premiada - (Foto: Edemir Rodrigues)

Muitos já ouviram a pergunta “deseja CPF na nota, senhor (a)?”. Vigente desde o começo do ano passado, o programa “Nota Premiada MS”, é um programa de estímulo à cidadania fiscal em Mato Grosso do Sul que instiga o consumidor a exigir a entrega do documento fiscal no momento da realização das suas compras, reduzindo a sonegação fiscal. Além disso, gera bilhetes aos consumidores para sorteio de prêmios.

A participação no Nota Premiada tornou-se obrigatória para os estabelecimentos comerciais localizados no Estado, independente do regime adotado ser o do Simples Nacional, RPA ou outros, estabelecido em lei pela Secretaria da Fazenda.

Para você que já inclui o CPF na nota e tem dúvidas, após o registro do documento fiscal no sistema da Nota MS Premiada não há necessidade da guarda do comprovante. Ainda conforme o site oficial, não é necessário se cadastrar no programa para participar. Basta informar o seu CPF no ato da compra. Porém, no caso de ter sido sorteado, o consumidor será obrigado a cadastrar-se no site do Programa Nota MS Premiada.

Para ficar sabendo se você foi sorteado basta acessar o Site Oficial, e preencher o campo com seu CPF.

A enquete realizada pelo site do portal A Crítica com início no último sábado (9) e com término hoje (16) quis saber: “Com os sorteios da Nota Premiada MS, você tem solicitado a inclusão do CPF na nota fiscal?”

Desta vez o resultado não foi unânime e apontou que 50% dos leitores, optaram pela inclusão do CPF na nota, já 50% preferem não colocar o CPF na nota.

Nova enquete

A nova enquete da semana quer saber: “Você está de acordo com a realização do Enem mesmo com a pandemia?”

Veja Também

Mais Lidas

Subir ao Topo Voltar
PlataformaSistemas para WebJornalismoVersão OriginalIr para Versão Clássica