Versão OriginalVersão ClássicaMenu
HOMENAGEM

"Mulheres são capazes de revolucionar o mundo, com a força e determinação"

Rosana Siqueira | segunda, 7 de dezembro de 2020 - 12h03

"Nós mulheres somos capazes de revolucionar o mundo, a nossa força e determinação nos levam a superar os obstáculos, muitas vezes impostos pela própria sociedade. Estamos em todos os segmentos, somos responsáveis pela geração de emprego e renda e diariamente batalhamos para mudar o mundo para melhor". A afirmação é da presidente da FCDL MS Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Mato Grosso do Sul, Inês Santiago, que foi uma das entrevistadas de desta segunda-feira (7) no programa Giro Estadual de Notícias.

Ela destacou a importância da valorização da mulher como empreendedora, e do prêmio Mulheres de Sucesso 2020, realizando na semana passada que homenageou 50 mulheres que fizeram a diferença em 2020. O prêmio foi concedido em parceria com a CDL CG Câmara de Dirigentes Lojistas de Campo Grande.

Na entrevista ela ressaltou a participação da mulher no varejo, e sua incrível capacidade de superação. "A força da mulher move o nosso varejo. Somos empreendedoras, consumidoras, somos as líderes, as condutoras do nosso progresso. Não é uma pandemia que irá nos segurar, pois onde tem uma mulher, pode ter certeza que tem desenvolvimento", enfatizou. 

A presidente da FCDL MS, Inês Santiago,ainda destacou que as mulheres estão sempre a frente, mostrando sua força e ajudando o varejo a se desenvolver. "Temos duas mulheres de destauqe na política que é a ministra Tereza Cristina e a Senadora e presidente da CCJ Simone Tebet, que muito nos orgulham", salientou ela.

A senadora Simone Tebet (MDB) foi uma das mulheres homenageadas na semana passado e exaltou o fato da presidente da FCDL MS, Inês Santiago, ser a primeira mulher a presidir a entidade e reforçou a necessidade de maior participação das mulheres na política, aumentando a representatividade feminina nas decisões do País.

A entrevista completa você confere no player.

Subir ao TopoVoltar
PlataformaSistemas para WebJornalismoVersão OriginalIr para Versão Clássica