Versão OriginalVersão ClássicaMenu
FEIRÃO DIGITAL

"Quem quiser realizar sonho de ter a casa própria este o momento", diz o presidente do Secovi-MS

Rosana Siqueira | quinta, 10 de dezembro de 2020 - 11h57

“Quem quiser realizar o sonho da casa própria o momento é agora ou nunca, porque tudo isso tá conspirando para que as prestações dos imóveis fiquem muito baratas”. A afirmação é do presidente do Secovi-MS, Marcos Augusto Netto, que foi o entrevistado do Programa Giro Estadual de Notícias. Ele veio falar da Feira de Imóveis Digital que acontece até o dia 13.

Ele destaca que o setor da construção foi considerado essencial na pandemia. “Não paramos. Muitas pessoas em casa aproveitaram e fizeram pequenas reformas, ajustes, ampliações, enfim, tudo isso foi criando consumo formiguinha. Materiais como tijolo cimento, gerou este negócio e algumas fábricas pararam a produção pela pandemia. Como elas ficaram paradas houve falta de material. Mas acreditamos que a partir de janeiro ou fevereiro vai normalizar o mercado”, explicou.

Netto salienta que só para ter uma idéia os fornos das empresas que produzem ferro, que é material importante na construção, foram desligados e agora estão religando novamente. Mas este processo demora as vezes 2 a 3 meses para ser realizado. “Isso prejudicou a produção de lingotes de ferro. Mas acho que de  um a dois meses estará normalizado e volta a ter queda no preço e material disponível no mercado”, acrescenta.

Na avaliação do presidente da Secovi a construção civil foi o setor que teve menos perdas na pandemia já que foi considerada como atividade emergencial neste período. “Foi o segmento que mais gerou emprego no Brasil. Como não parou e as obras continuaram e umas se intensificaram, como a “formiguinha”, isso movimentou economia e gerou contratação de  mão de obra que foi empregada na pandemia. Algumas obras que tiveram problemas. Mas estamos conversando e entendemos que será normalizado e poderemos recuperar prazos e falta temporária de alguns materiais. Ou seja o consumidor final não terá prejuízos”, analisa.

Feira On-line - Netto lembra que o Secovi já realizamos 15 feiras no Brasil. “Aqui em MS é a 16ª edição da feira, principalmente feita pelo Secovi -MS. Esta é diferente pois atinge o Estado todo e será online. E mais estamos trazendo novos tipos de imóveis. Nas outras feiras não tínhamos lotes. Nesta temos também imóveis retomados pela caixa. Temos cerca de 4 mil imóveis disponíveis de 20 empresas que estão participando desta feira”, frisou.

Ele lembra ainda que a feira digital foi uma idéia de achar uma solução para movimentar o mercado na pandemia. “Esta feira está sendo realizada numa época atípica que é final de ano no apagar das luzes, mas como ela é digital achamos interessante. Temos ainda outro fenômeno que está ocorrendo com a queda de juros. A taxa Selic está em 2%, e os juros estão baixos principalmente da Caixa que é a mais baixa de todas para quem quiser comprar”, relembra.

Ao mesmo tempo ele alega que a Feira traz boa oferta de imóveis que ficaram meio parados durante a pandemia. “Hoje estes imóveis estão a disposição para o público que já sabe comprar imóvel pela internet. Todo mundo acostumado. Entra num aplicativo você faz a simulação de financiamento, enfim tudo isso pode encontrar na feira. Nos nunca tivemos isso no Brasil somos a quinta feira digita a ser realizada é uma coisa nova mas acreditamos que teremos um resultado muito bom tendo em vista estas características. Isto estou falando por termos um grande momento paras compra de imóveis financiados”, finalizou.

Confira  a entrevista completa no player.

Subir ao TopoVoltar
PlataformaSistemas para WebJornalismoVersão OriginalIr para Versão Clássica